Tudo sobre Amuletos Egípcios

Conhece os tais amuletos egípcios? Quando pensamos na antiguidade egípcia, logo lembramos da palavra-chave: religião. Mas o que há de mais sobrenatural que isso?

Consequentemente as pessoas que lá moravam eram extremamente religiosos e relacionavam parte do sucesso, mesmo que fosse quase toda exercida prática humana, às divindades e forças sobrenaturais. 

No entanto, existe um paralelo na religião do Egito, por um lado faraó e os sacerdotes relacionado ao poder, por outro lado temos a população comum, que geralmente são impedidas a entrar nos ambientes sagrados, sobrando a alternativa de ter amuletos ou fazerem rituais menores para alcançar alguma meta. 

No Egito, os amuletos ou talismãs, fazem parte do dia a dia das pessoas tanto das pessoas comuns quanto das pessoas mais nobres, por exemplo na tumba do faraó, foi encontrado muitos tipos de amuletos.  Nota-se a importância dada a estes objetos que eram usados tanto em vida como pós-morte.

Confira:

Para Que Servem os Amuletos Egípcios

Os amuletos para a civilização egípcia tem praticamente o mesmo sentido das outras culturas, tais eles: proteção, saúde, ajuda para alcançar objetivos, segurança.

A diferença é que os egípcios usam também no corpo do morto como proteção para a outra vida.

Quais os Significados dos Amuletos Egípcios?

Em seguida, mostraremos alguns significados de amuletos egípcios.

  • Livro dos mortos, são fórmulas mágicas feitas para proteger o morto.
  • Imagens de antepassados, servem também como amuletos.
  • Imagem da deusa Tauret, amuleto para resguardar as gestantes de todo perigo.
  • Imagem do deus Bés, amuleto de proteção para os recém-nascidos.

Entretanto, devemos atentar que muitos dos significados eram levados em consideração apenas nas antiguidades egípcias.

Tjet, conhecido como “o nó de Ísis”, é semelhante ao ankh com braços nas laterais, significa proteção e segurança, muito encontrado em sepulturas, múmias ou funerais.

Shen é um círculo de corda atada, simboliza integridade, infinito e serve também como proteção. O shen está sempre em sarcófagos, templos e túmulos.

O olho de Hórus, ou Udyat significa poder e proteção, é um dos amuletos mais importantes do antigo Egito, eram usados como força, vigor, segurança e saúde.

Escaravelho, era uma bola de esterco no chão que faziam comparação com o movimento do sol, e seus filhotes saiam de dentro dele, fazendo-os pensar que eles se auto reproduzem, tendo uma alusão em relação aos mitos da criação, nele há frases egípcias ou apenas o nome do faraó/divindade. 

Acredita-se que ele garante uma proteção dos maus espíritos e era importante também no funeral egípcio para proteger o coração do morto.

Cruz de Ansata ou Ankh é um dos amuletos mais conhecidos do Egito, o seu hieróglifo (nome dado às escrituras egípcias) significa vida e vida eterna, era muito comum as divindades estarem com ele em mãos.

Deuses Egípcios Relacionados aos Amuletos

Deusa Ísis, amuleto Tyet, como dito acima é um amuleto encontrado muito em funerais, pois serve para proteger a integridade do corpo. 

O amuleto tem relação a lenda de Ísis e Osíris, pois Osíris havia sido morto pelo irmão em pedaços, e Ísis foi atrás de seus pedaços carnais para lhe dar o sopro de vida, ou seja ela foi cuidar da integridade do corpo assim como o significado do amuleto.

Deus Hórus, ligado diretamente ao amuleto Olho de Hórus, é relacionado a lenda da luta entre o deus Seth e o deus Hórus, Seth arrancou o olho esquerdo de Hórus que foi substituído pelo amuleto. 

Há também ditos que o olho de Hórus existe em duas partes: o olho esquerdo e o direito, onde o esquerdo significa a lua e o direito o sol.

Deus Khepri um dos deuses egípcios associado aos animais, seu nome significa escaravelho, tendo como hábito colocar os ovos em esterco animal, assim como em corpos de outros escaravelhos mortos. 

Está ligada diretamente a ressurreição e renascimento, sendo levada para as sepulturas, quando se era destinado a um morto era feito com muito realismo principalmente em pedras, após feito eram colocados no lugar do coração, no peito das múmias, já foram encontrados até nos peitos de alguns animais tidos como sagrados pelo povo.

Melhores Amuletos Egípcios

Concluindo, os melhores amuletos egípcios e os mais conhecidos são a Cruz de Ansata (ankh) trazendo proteção à vida. 

O Escaravelho significando a ressurreição e protegendo o morto contra os maus espíritos, o olho de Hórus, o olho que protege contra doenças, estava também ligado à prosperidade e regeneração.

E o nó de Ísis (Tyet) trazendo símbolo de proteção e também aos mortos trazendo integridade, geralmente sendo colocados como colar nos mortos.

Paula Karina Lucena

Apaixonada pela escrita e por assuntos relacionados ao autoconhecimento, Karina encontrou na arte, espiritualidade e psicologia formas de entender seu próprio caminho e, consequentemente, auxiliar na vida de outros seres.

Paula Karina Lucena has 57 posts and counting. See all posts by Paula Karina Lucena