Como Fazer a Simpatia do Copo Virado?

Conhece a simpatia do copo virado? Quando estamos apaixonados, é natural que busquemos formas de ter a pessoa amada por perto. Nesse sentido, muita gente recorre à simpatia do copo virado para atingir tal propósito e ter quem ama mais presente.

O ritual é muito popular e promete fazer com que seu(sua) parceiro(a) se torne mais interessado(a) no relacionamento e pense, 24h por dia, apenas em você.

Porém, aí se acende uma luzinha vermelha: será que isso seria saudável? A vida exige equilíbrio, inclusive no amor! 

Por isso, antes de aprender a fazer a simpatia, veremos se o que você tem desejado para sua relação não está ultrapassando os limites do bom senso.

Confira:

Sinais de um relacionamento tóxico

Sempre que estamos muito envolvidos emocionalmente, é difícil perceber que algo está saindo dos trilhos e passando a ser exagerado. Diversas vezes, nem notamos o quão tóxicas as nossas atitudes (ou as do outro) podem ser.

Assim, é imprescindível que saibamos ler alguns sinais que indicam que a relação não vai bem e um de vocês está sendo abusivo.

1. Ciúme em excesso

Há quem diga que amor sem ciúme não é amor. Porém, as coisas não são bem assim. É fundamental que um casal demonstre cuidado, mas isso não deve ser confundido com obsessão. Controlar quem se aproxima dele(a), as roupas que ele(a) veste e ficar imaginando traições, é preocupante! 

2. Estresse contínuo

Caso você note que vive uma relação onde não tem momentos de paz… fique atento(a). Isso porque, relacionamentos tóxicos têm como marca registrada a frequência de discussões, brigas pendentes e desconfiança. Na maior parte das vezes, há uma tensão que nunca passa.

3. Sentimento de posse

Repare o quanto você se sente livre (ou deixa quem ama livre) para estar com quem gostaria de estar, para participar de atividades com amigos e familiares. Quando um dos envolvidos se sente “aprisionado”, é hora de rever alguns comportamentos. 

Então, não romantize o sentimento de posse!

Vale lembrar que ser uma pessoa tóxica ou abusiva, não está ligado apenas a agressões físicas e verbais, que em hipótese alguma devem ser permitidas. 

Entenda o papel da simpatia na vida amorosa

Antes de mais nada, seja sincero(a) com você mesmo(a) e certifique-se de não estar sendo uma pessoa abusiva. 

Caso contrário, você não obterá os resultados esperados e, além de tudo, ainda estará “mascarando” a condição real da sua saúde mental. Portanto, ao menor indício de desespero ou necessidade do outro para viver, procure ajuda profissional. 

Certamente, um psicólogo te ajudará a lidar com as suas emoções para ter uma vida amorosa mais saudável. 

Entretanto, se após o diagnóstico de um especialista você se julgar apto(a) a realizar a simpatia do copo virado, saiba que a fé é um ingrediente que não pode faltar. 

Você deve estar confiante, mas ao mesmo tempo, ciente de que o Universo fará aquilo que considerar melhor para sua vida. Os rituais trabalham com energias presentes ao nosso redor, mas não manipulam a Vontade Superior.

Quando combinadas à boa intenção que emanamos, essas forças agem de modo a potencializar e facilitar que um desejo se concretize, caso haja permissão cósmica para tal.

Como a simpatia do copo virado é feita?

Bom, se após a análise minuciosa da sua relação você concluir que “ter a pessoa amada aos seu pés” é apenas uma força de expressão, a simpatia do copo virado é para você. Afinal, ter alguém pensando em você 24h por dia, parece preocupante!

Vamos aos materiais necessários:

  • 01 Copo de Vidro;
  • 01 Vela Vermelha;
  • 03 Colheres (chá) de Mel;
  • 01 Prato Branco;
  • Papel;
  • Caneta Vermelha.

Agora, é só acompanhar o passo a passo:

1º Passo: Com a caneta vermelha, escreva no papel, de trás para frente, o nome completo da pessoa amada;

2º Passo: Em seguida, dobre o papel ao meio 3 vezes, coloque-o no centro do prato branco e despeje sobre ele as 3 colheres de mel;

3º Passo: Pegue o copo de vidro e fale na “boca” dele o seguinte mantra 3 vezes:

“Quero que nosso amor seja doce como o mel, que nossa paixão seja intensa como o fogo e que nossos pensamentos estejam entrelaçados”.

4º Passo: Vire o copo de “cabeça para baixo” e coloque-o sobre o papel com mel, cobrindo a mistura;

5º Passo: Na sequência, use a própria caneta para “escrever” apenas o primeiro nome da pessoa amada na vela, fazendo uma espécie de “baixo relevo”;

6º Passo: Por fim, acenda a vela dentro do prato enquanto mentaliza sua relação sendo saudável e a pessoa amada sendo tão carinhosa e apaixonada.

7º Passo:Quando a vela terminar de queimar, enterre o papel em um jardim e lave os outros utensílios normalmente.

Pronto! 

Agora é só esperar que o Cosmos atenda seu pedido. Mas enquanto isso, faça sua parte e encontre maneiras “terrenas” de melhorar sua relação.

Paula Karina Lucena

Apaixonada pela escrita e por assuntos relacionados ao autoconhecimento, Karina encontrou na arte, espiritualidade e psicologia formas de entender seu próprio caminho e, consequentemente, auxiliar na vida de outros seres.

Paula Karina Lucena has 57 posts and counting. See all posts by Paula Karina Lucena