Será que Simpatia é Macumba?

Será que simpatia é macumba? Quem tem muito desejo de conseguir alguma coisa já deve ter ficado na dúvida se simpatia é macumba e como isso funciona.

As duas definições têm relação com a magia e com a religiosidade, motivo pelo qual há certa confusão. Mais que isso, é preciso entender como cada uma delas se apresenta na sociedade para ver a diferença.

Antes de qualquer coisa, a simpatia costuma ser vista como algo mais positivo. A macumba, por outro lado, é relacionada, quase sempre, com coisas ruins ou com a possibilidade de prejudicar alguém.

No entanto, você vai perceber que ambas as ações não são tão diferentes assim. Mesmo não sendo exatamente iguais, é possível ver vários pontos em que as duas se encontram.

Confira: Simpatia para parar de roncar

Afinal, simpatia é macumba?

Antes de qualquer coisa é preciso entender cada um dos conceitos para fazer a separação. Como são coisas parecidas, entender como as coisas funcionam faz toda a diferença e precisa de atenção.

Além disso, outro ponto que merece ser visto aqui é a definição de magia negra. Como os 3 conceitos se misturam, antes de afirmar que simpatia é macumba, continue lendo para saber mais.

O que é simpatia?

Muita gente acredita que simpatia é macumba por a simpatia também é um ritual. Na maioria das vezes, ele feito para cura, prevenção ou para alcançar um objetivo que parece muito difícil.

Um dos grandes diferenciais está no fato de que a simpatia não está ligada a uma religião. Ainda que tenha ligação com crenças, feitiçaria e magia, é vista como algo um tanto quanto mais simples.

As simpatias costumam ser atos comuns que podem em entregar o que deseja. Então, alguns exemplos simples de simpatia são:

  • Vestir roupa amarela na virada do ano para atrair dinheiro;
  • Virar uma imagem de Santo Antônio de cabeça para baixo para encontrar o amor;
  • Atrair o amor escrevendo o nome do interessado na sola do pé.

Existem simpatias para praticamente qualquer coisa, por isso é preciso ficar atento. As formas com que os rituais são executados fazem toda a diferença e podem trazer resultados interessantes.

O que é macumba?

Ao contrário da simpatia, a “macumba” está relacionada com os cultos de religiões afro-brasileiras, sobretudo candomblé. Na verdade, o termo é o nome de um instrumento musical religioso.

Nesse cenário, os líderes espirituais, “pais de santo”, médiuns e afins, se apresentam para fazer rituais. Na maioria das vezes há uma contratação por parte das pessoas que desejam que algo aconteça.

Assim, durante o ritual, entidades espirituais tendem a se manifestar, com as pessoas entrando em transe. A consulta a essas entidades tinha quase sempre a intenção de ajudar ou prejudicar alguém. 

No caso da simpatia, muitas vezes a pessoa repete o ritual para si mesma. Nas religiões africanas o ritual é uma oferenda aos espíritos, o que dificulta dizer que simpatia é macumba.

Por fim, é bom lembrar que o nome macumba é usado quase sempre de forma pejorativa e preconceituosa. Assim, é difícil dizer que ambos os rituais são tão diferentes assim.

A ameaça da magia negra

Dizer que simpatia é macumba é algo até certo ponto comum, mas é preciso ficar atento. Isso porque, ambos os rituais podem evoluir e uma maneira desagradável e um tanto assustadora.

Assim, a magia negra surge também com a realização e pequenos rituais. Ao contrário do que muita gente pensa, não é necessário um sacrifício, boneco de vodu e coisas do tipo para acontecer.

Assim, um dos principais pontos está nos rituais que visam impedir o livre arbítrio de outrem. Nesse caso, a positividade de um ritual religioso ou de uma simpatia pode ser substituída por problemas.

Isso pode ocorrer quando:

  • Faz-se o ritual para causar mal a outrem;
  • Ritual para punição exagerada;
  • Ritual para que as pessoas percam o controle sobre a própria vontade.

Esse é um grande problema, pois o universo se regula pela lei do Karma. Ou seja, quando se uma a agia negra, em longo prazo é possível que o mal causado retorne para você de alguma maneira.

Então, simpatia é macumba?

Diante de tudo isso, dizer que simpatia é macumba parece algo bastante errado. Apesar das diversas semelhanças entre os atos, percebe-se que há algumas diferenças gritantes que merecem atenção.

A primeira delas é que a “macumba” é um ritual religioso espiritual de uma religião específica. Não entrando em detalhes sobre o termo, basicamente, o ritual é parte de uma celebração maior.

A simpatia, por outro lado, está presente no arcabouço de conhecimento popular. Assim, mesmo quem não tem qualquer ligação com o candomblé pratica os rituais e, muitas vezes, obtém resultados.

O mais interessante disso é que as simpatias e os trabalhos também se diferem bastante. A primeira é feita pela pessoa para conseguir algo, enquanto a segunda é feita em oferenda às entidades.

Em ambas as situações é necessária a presença de uma força superior para alcançar o que se busca. De qualquer maneira, no entanto, as possibilidades de obter sucesso são bastante interessantes.

Por fim, é bom lembrar que a magia negra surge nesse meio como uma ameaça. Por também contar com alguma semelhança com os outros dois rituais, pode surgir até mesmo sem que se perceba.

A utilização dos rituais para causar o mal ou prejudicar o livre arbítrio de alguém deve ser evitada. Principalmente, é preciso se manter afastado desse tipo de feitiço para não sofrer consequências.

Conclusão

Dizer que simpatia é macumba, depois de tudo que se aprendeu aqui, nem chega a ser um absurdo. A verdade é que ambos os rituais têm muitas similaridades e devem ser vistos com atenção.

Quando se busca algo que parece muito difícil de conseguir, as duas opções parecem válidas. A “macumba”, porém, adquire um pouco mais de seriedade, por fazer parte de todo um sistema religioso.

A simpatia, por outro lado, parece um pouco mais simples, vez que pode ser executada tranquilamente por qualquer pessoa. Talvez por isso mesmo não seja vista com tantos preconceitos.

Então, agora, quando alguém disser que simpatia é macumba você terá todas as informações necessárias para refutar. Depois disso, escolher uma delas e dar um empurrãozinho nas coisas.

Paula Karina Lucena

Apaixonada pela escrita e por assuntos relacionados ao autoconhecimento, Karina encontrou na arte, espiritualidade e psicologia formas de entender seu próprio caminho e, consequentemente, auxiliar na vida de outros seres.

Paula Karina Lucena has 57 posts and counting. See all posts by Paula Karina Lucena