Como Fazer a Simpatia para Unir Casal?

É possível uma simpatia para unir casal? Após anos de convivência, muitos casais se veem em um relacionamento regado a brigas e desentendimentos. Consequentemente, as separações se tornam cada vez mais frequentes.

E, caso você esteja enfrentando esse momento tão delicado da vida a dois, este artigo “caiu no seu colo” na hora certa! Nele, te ensinaremos a fazer a simpatia para unir casal.

O ritual poderá ser seu grande aliado para se reconciliar com seu (sua) parceiro (a), reatar o namoro ou o casamento e fortalecer os laços entre vocês.

Entretanto, ele não deve ser utilizado como uma tentativa de obrigar ou forçar a união. Até porque, o feitiço não interfere na autonomia dos indivíduos, tendo em vista que ninguém deve ser manipulado.

Confira: Simpatia para parar de fumar

Simpatia forte sempre funciona?

Vivemos uma triste realidade onde as fraudes são vistas por todas as partes. Por isso, não raro, nos deparamos com enganadores que vendem — e o erro já começa aí, em cobrar pelo ritual — a ideia de que as simpatias sempre atenderão seus pedidos. Quando ouvir isso, desconfie!

As magias não funcionam de acordo, exclusivamente, com a nossa vontade. Um casal separado, por exemplo, quando não possui o mesmo desejo (mesmo que adormecido), o “trabalho” não alcança o efeito esperado.

Portanto, o resultado obtido não está, necessariamente, ligado ao fato do feitiço ter sido “forte” ou “fraco”. Mas sim, relacionado às energias que são mobilizadas em torno dos sentimentos ainda cultivados pela dupla.

Dessa maneira, quando a simpatia para unir casal é executada, o campo magnético que cerca a relação é reorganizado. Assim, as vibrações agem de modo a estimular os cônjuges a se recordarem dos momentos de felicidade que viveram juntos. 

Atrelada às boas lembranças, virá a sensação de saudade, fazendo com que um intenso desejo de reviver essas agradáveis emoções ressurja. Conforme o tempo for passando, o amor e a paixão se tornarão mais vívidos e a reaproximação dos parceiros será inevitável.

Quando devo fazer?

Vale frisar que todo relacionamento passa por tribulações e, por isso, a comunicação costuma ser sempre o melhor remédio. Além disso, também é válido contar com o auxílio de profissionais especializados, os quais atuam com terapias individuais e em casal.

Tendo feito tudo o que estava ao seu alcance, esgotando todas as possibilidades e percebendo que os problemas persistem, mas que ainda existe amor… aí sim! É hora de recorrer à simpatia.

Saiba como realizar a simpatia para unir casal

Antes de iniciar o ritual, é preciso ressaltar que sua fé será um elemento fundamental para que o procedimento tenha sucesso. Reforce em sua mente as boas memórias que você tem da relação e deixe transbordar o amor puro que você carrega por seu (sua) parceiro (a).

Além disso, não conte a ninguém sobre a magia que será realizada, pois isso poderá interferir nas decisões e nos sentimentos da pessoa amada.

Ingredientes

Os materiais necessários podem ser facilmente encontrados. Veja só:

  • Barbante;
  • Papel;
  • Isqueiro ou fósforo;
  • 01 Prato;
  • 07 Velas Brancas;
  • 05 Incensos de Lavanda;
  • 02 Incensos de Eucalipto.

Procedimento

Assim que todos os itens estiverem em mão, é hora de colocar a “mão na massa”. Para tanto, basta seguir nossas instruções:

1º Passo: Escreva o nome completo da pessoa amada no papel;

2º Passo: Faça um “canudo” com o papel e enrole o barbante em torno dele, dando algumas voltas e deixando uma ponta solta;

3º Passo: Esquente a base da vela para fixá-la ao centro do prato;

4º Passo: Amarre a ponta solta do barbante (que já está enrolado ao papel) ao “pé” da vela;

5º Passo: Acenda a vela enquanto pensa na felicidade que seu relacionamento amoroso lhe proporcionava;

6º Passo: os passos 3, 4 e 5 deverão ser repetidos durante 7 dias seguidos. Sempre que uma vela chegar ao final, você deverá repeti-los;

7º Passo: Nos 5 primeiros dias do ritual, acenda um incenso de lavanda pela manhã e deixe-o queimar próximo ao prato;

8º Passo: Nos 2 últimos dias do processo, acenda um incenso de eucalipto, também pela manhã, e deixe-o queimar próximo ao prato;

Nota 1: Tome cuidado com a vela para não queimar nada próximo a ela, nem mesmo o barbante e o papel, pois isso pode causar incêndio;

Nota 2: Ao final dos 7 dias, o papel e o barbante devem ser queimados e as cinzas descartadas ao ar livre. O prato pode ser lavado e utilizado normalmente.

Agora é só aguardar alguns dias para que o feitiço tenha efeito. Contudo, caso os resultados esperados demorem, pense que isso pode ser um sinal de que a união não deve ser restabelecida

Fica a dica!

Ricardo Tibau

Ricardo Tibau, dramaturgo, escritor, tarólogo e reikiano apaixonado por estudos relacionados à espiritualidade.

Ricardo Tibau has 190 posts and counting. See all posts by Ricardo Tibau