Oração do Salmo 23: Como Fazer?

Conhece a oração do Salmo 23? O Livro de Salmos é uma espécie de hinário que faz parte da Bíblia. São 150 orações e mensagens escritas em formato ideal para serem cantados ou recitados, tanto pelos hebreus quanto pelos cristãos. Tanto que a tradução que mais se aproxima da palavra Salmo é justamente cântico.

Essa é certamente uma das mais consultadas, lidas e populares partes da Bíblia.

Pois dentre esses 150 cânticos ( a maioria de autoria atribuída ao Rei Davi ), um dos mais conhecidos é o Salmo 23, ao qual os seguidores dessas religiões atribuem poderes diversos. Eis sua íntegra:

O que é a Oração do Salmo 23

O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.
Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso;
refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.
Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.
Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges a minha cabeça com óleo; o meu cálice transborda.
Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor para todo o sempre.

Salmos 23:1-6

Quais os benefícios da Oração do Salmo 23?

São muitos os benefícios da oração. No caso do Salmo 23, devido a seu conteúdo, pode-se alcançar:

  • Força espiritual para atravessar momentos difíceis
  • Reafirmação da fé no Poder Superior
  • Ainda que na presença do mal e de dificuldades, experimentar um sentimento de segurança
  • A certeza de que não se está sozinho nos momentos mais difíceis de nossa caminhada neste plano
  • Reafirmação da nossa fé e do poder da presença de Deus no nosso dia a dia.
  • Proteção e reafirmação de valores como bondade e justiça

O que explica o Salmo 23?

O Salmo 23 é uma afirmação, ou uma reafirmação de nossa fé e confiança no poder de Deus. Ele afirma que, não importa quais forem as dificuldades, o Poder Superior estará presente e irá prover todas as suas necessidades, tanto materiais quanto espirituais.

Ele explica basicamente que não devemos perder a fé ou a esperança em momentos de dificuldade, pois tendo fé, estaremos protegidos de todo mal e escassez.

O que quer dizer O Senhor é meu pastor?

Nos tempos antigos, especialmente na época em que foram feitos os escritos sagrados, era muito comum a atividade de criação de animais.

A função principal do pastor, aquele que cuidava dos animais, era garantir que estivessem bem alimentados e em segurança. Era ele que conduzia o rebanho por caminhos mais seguros e livres de perigos e predadores.

Daí a figura do Pastor ser transposta para o campo religioso. O Pastor (termo utilizado até hoje em muitas igrejas e templos) seria o responsável por levar a palavra sagrada a seu “rebanho”, no caso os fiéis, e conduzi-los em segurança pelos caminhos da fé e da retidão.

Logo, a frase “O Senhor é meu Pastor” representa que Deus é aquele em que o fiel deposita sua confiança para guiá-lo através dos ensinamentos das escrituras sagradas, amenizar e curar suas dores e prover todas as suas necessidades.

O que é o Vale da Sombra da Morte?

Assim como a expressão Pastor foi transposta de uma realidade cotidiana para o campo da religiosidade e espiritualidade, o mesmo ocorreu com a expressão “Vale da Sombra da Morte”. Geograficamente um vale é uma ou mais porções de terras mais baixas, ou depressões.

Daí vem a associação. O “Vale da Sombra da Morte” representa os momentos de depressão em nossa vida, em que estamos cercados de dificuldades e nos sentimos sozinhos e sem esperança. Ao recitarmos o Salmo 23 nesses momentos difíceis, reafirmamos nossa fé na proteção de Deus durante nossas travessias mais sombrias.

Quando devemos fazer a Oração do Salmo 23?

Apesar de ser comum a maioria das pessoas só se lembrarem de orar em momentos de grande desespero e dificuldade, esse Salmo deve ser repetido diariamente ou até mesmo várias vezes por dia. Ele tem o poder de nos deixar mais fortes, confiantes no poder de Deus e prontos para enfrentarmos nossas batalhas diárias.

Pode ser recitado em voz alta ou mentalmente, inclusive pode ser levado consigo impresso enquanto você não o decora. Então, mesmo sendo um Salmo poderoso para fazermos em momentos de dificuldade e desesperança, devemos lembrar de fazê-lo sempre, pois reafirma nossa fé e nos aproxima do Divino.

Existem tipos diferentes de Oração do Salmo 23?

Na verdade, não. O texto belíssimo do Salmo 23 é único e deve ser repetido fielmente, palavra por palavra, para que manifeste todo seu poder.

Agora, o que podem existir são situações específicas em que ele se mostrará incrivelmente útil e necessário.

Oração do Salmo 23 para dormir

Todos nós já nos vimos frente a situações graves, que aparentam não ter solução e que têm nos tirado preciosas noites de sono.

Pois o Salmo 23 é o texto ideal para esses momentos, quando colocamos a cabeça no travesseiro, estamos exaustos, mas preocupados ou temerosos demais para conseguir dormir.

A simples menção das frases “ o Senhor é meu Pastor e nada me faltará” e “ainda que eu ande pelo Vale da Sombra da Morte, não temerei mal nenhum…” são verdadeiras injeções de fé, esperança e têm a capacidade de renovar nossas forças para as lutas mais difíceis, pois sabemos que mesmo nesses momentos não estaremos sozinhos.

Oração do Salmo 23 para prosperidade:

Essa é uma das situações em que o Salmo 23 se aplica perfeitamente, pois sabemos que muitas vezes apenas o trabalho duro (indispensável para prosperidade) não é o suficiente para levar à frente nossos projetos e empreendimentos.

Uma ajuda espiritual se faz necessária para aqueles que têm fé e pureza de intenções. Então recite o Salmo 23 sempre que puder. Nada melhor para energizar um projeto do que a frase “o Senhor é meu Pastor e nada me faltará” e “o meu cálice transborda” (prosperidade). Então fé nesse popular e belíssimo Salmo! Namastê!

Ricardo Tibau

Ricardo Tibau, dramaturgo, escritor, tarólogo e reikiano apaixonado por estudos relacionados à espiritualidade.

Ricardo Tibau has 190 posts and counting. See all posts by Ricardo Tibau