Chakras no Reiki: O Guia Completo

A relação entre a prática do Reiki e os Chakras é direta e inseparável. É através da harmonização desses centros energéticos que o fluxo de cura Universal do Reiki pode funcionar para o paciente.

O que são Chakras no Reiki?

A palavra Chakra vem do Sânscrito, idioma ancestral já extinto e significa roda. Esse significado vai ajudar a entendermos seu significado e suas funções. Os Chakras são centros energéticos que temos no nosso corpo e se alinham ao longo da nossa coluna vertebral, indo do topo da cabeça até a região do Cóccix (base da coluna).

Esses pontos servem para absorver a energia vital que flui pelo Universo e repassá-la ao nosso corpo físico, mental e espiritual. Para que essa função seja exercida com eficiência, é necessário que os Chakras estejam ativados, energizados e alinhados.

Os Chakras no Reiki são sete: Básico, Sacro, Plexo Solar, Cardíaco, Laríngeo, Frontal e Coronário. A seguir iremos explicar a localização e a função de cada um deles.

Quais são os Chakras e para que servem?

Chakra Básico (primeiro Chakra):

Localizado no cóccix (região do períneo), ele nos conecta com a Terra e rege nossos instintos mais básicos, como os relacionados com a sobrevivência do corpo físico, comer e dormir, por exemplo. O chakra básico atua fortemente no equilíbrio de nossa sexualidade e vitalidade. É ligado ao elemento terra e representado pela cor vermelha.

Chakra Sacral

Também conhecido por Chakra Umbilical. Situado na região do púbis, próximo ao períneo e é responsável pela nossa sexualidade, mas diferentemente do Chakra Básico, regulará nosso sistema reprodutor e a boa canalização de nossos desejos sexuais.

É o Chakra da criatividade, do pensamento inovador e das paixões. Muito ativo durante a adolescência, quando uma verdadeira explosão de hormônios ocorre em nossos corpos, pode facilmente entrar em desequilíbrio.

E uma vez desequilibrado poderá gerar os mais variados problemas no corpo humano, que podem ir de um ciúme excessivo a problemas de bexiga e do sistema reprodutivo. A Água é o elemento do chakra umbilical e a cor laranja o representa.

Chakra do Plexo Solar

Localizado na região do estômago, equilibrará o sistema digestivo (ou digestório, denominação mais utilizada atualmente).

Sua localização na região central do nosso corpo lhe confere um papel importante na distribuição do fluxo energético e equilíbrio entre físico e mental.

Tem ligação com o Ego, logo seu desequilíbrio poderá tornar a pessoa narcisista e sem empatia, pouco se importando com algo que não seja referente a si mesma ou o que lhe interesse. No outro extremo de seu desequilíbrio pode tornar a pessoa extremamente insegura.

Representado pelo amarelo, está relacionado ao elemento Fogo.

Chakra Cardíaco (Coronário)

O chakra cardíaco, também conhecido como chakra coronário, é ligado ao elemento Ar e representado pela cor verde, este Chakra está localizado na região do coração, portanto tendo a importantíssima missão de controlar nosso sistema cardíaco e circulatório. Nele se processam sentimentos mais elevados como amor incondicional, compaixão e empatia. Quando bem energizado e equilibrado faz maravilhas nos relacionamentos afetivos.

Se estiver desequilibrado poderá acarretar problemas, obviamente, de coração. Aí podendo tanto ser o coração físico ou representando o lado emocional. Quer alimentar esse Chakra? Sua “comida” preferida é o sentimento de alegria.

Chakra Laríngeo

O chakra laríngeo está na região da garganta. Muito conectado à tireoide, sua localização já é uma pista fácil de sua atuação: nossas habilidades de comunicação. Como é fácil prever, seu desequilíbrio poderá tornar a pessoa introspectiva, pois não consegue alcançar os meios necessários para se fazer entender por outras pessoas. Bem equilibrado formará pessoas comunicativas, carismáticas e grandes oradores. Relacionado ao Éter, é representado pela cor azul-celeste.

Chakra Frontal

O chakra frontal é representado pela cor azul, mas em um tom mais escuro (índigo). Seu elemento também é o Éter, também chamado de Quinto Elemento e, ao contrário dos outros quatro (terra, fogo, água e ar) seria como um campo energético celestial que envolve o planeta. Está localizado no alto da cabeça (testa), logo acima dos olhos, entre as sobrancelhas.

Bem conhecido como “Terceiro olho”, é o Chakra da intuição. Protege os olhos, alimenta o sistema nervoso e em desequilíbrio pode causar os mais diversos problemas, como dores de cabeça constantes, dificuldades de concentração e até pesadelos recorrentes. Já equilibrado, proporciona capacidade de concentração, raciocínio claro e imaginação criativa.

Chakra Coronário

Representado pela cor violeta, é o único que não está associado a um elemento. Situado no topo da cabeça, é considerado por muitos o Chakra mais importante. Trabalha os pensamentos mais sutis e nos conecta ao Universo, por isso pode ser o mais difícil de ser equilibrado.

Este é o Chakra da espiritualidade e da sabedoria. Para estar funcionando plenamente é fundamental que os outros seis Chakras já estejam em perfeito equilíbrio.

O que são Chakras secundários?

São pontos complementares aos principais chakras no reiki. São elas:

Chakras das mãos

Nas palmas das mãos existe um chakra e é através dele que a energia flui.

Chakras Yin e Yang – Ombros

Em cada ombro existe um chakra. No ombro esquerdo o Yin e no direito o Yang.

Chakra dos cotovelos

Os Chakras dos cotovelos estão relacionados à mobilidade.

Chakra dos joelhos

Os Chakras dos joelhos funcionam como conectores e sustentadores da energia da terra.

Chakras dos tornozelos

Os Chakras dos tornozelos têm funções semelhantes ao dos cotovelos.

Chakra dos pés

São como nossas “raízes” energéticas, com terminações nervosas ligadas a todas as partes do corpo.

Como os Chakras ficam desalinhados?

Os Chakras no Reiki são pontos energéticos muito sensíveis, logo muitos fatores podem causar seu desequilíbrio. Estresse, traumas, desconexão com a natureza e o Divino, alimentação incorreta e ingestão de substâncias entorpecentes e viciantes podem causar grandes danos a todo o sistema energético.

Como o Reiki consegue realinhar os Chakras?

O Reiki trabalha com a canalização das energias positivas emanadas e que circulam pelo Universo. Sua prática tem o poder de realinhar e energizar os sete Chakras principais através da aplicação de seus pilares e princípios da energia vital

A meditação feita com a intenção correta, direcionada, é ferramenta essencial para melhorar o funcionamento desses centros energéticos. No caso do Reiki, a Meditação Gassho cumpre esse papel com perfeição.

Além disso terapias como cromoterapia, musicoterapia, cristais e outras práticas holísticas farão maravilhas ao nosso corpo físico, mental e emocional. Essas práticas nunca devem substituir a medicina convencional e o acompanhamento médico, mas sim ser complementares dentro de uma visão global de entendimento e cura. Namastê!

Confira outros artigos:

Ricardo Tibau

Ricardo Tibau, dramaturgo, escritor, tarólogo e reikiano apaixonado por estudos relacionados à espiritualidade.

Ricardo Tibau has 190 posts and counting. See all posts by Ricardo Tibau